Os dados mais recentes de vulnerabilidades da Microsoft, detalhadamente analisados!

11ª Edição do Relatório BeyondTrust sobre as Vulnerabilidades da Microsoft

Desde que o Relatório de Vulnerabilidades Microsoft foi lançado, em 2013, já foram mais de 16.000 downloads e milhares de usuários que utilizaram o documento para aprimorar a análise de dados a fim de melhorar sua segurança cibernética.

Esta edição do Relatório de Vulnerabilidades Microsoft não só disseca os dados de vulnerabilidades da Microsoft em 2023, mas também avalia como elas estão sendo aproveitadas em ataques baseados em identidades.

Principais Destaques:

  • Total de 1.228 vulnerabilidades encontradas. Um leve decréscimo (5%) em relação à 2022, ano em que o número total de vulnerabilidades foi de 1.292. Comparando os últimos quatro anos, o número de vulnerabilidades manteve-se estável, permanecendo entre 1.200 e 1.300 desde 2020.
  • Pelo quarto ano consecutivo, Elevação de Privilégio foi a categoria de vulnerabilidade #1.
  • O número total de vulnerabilidades críticas continua em queda. As vulnerabilidades críticas caíram 6% em relação à 2022 (de 89 em 2022 para 84 em 2023).
  • Depois que as vulnerabilidades do Microsoft Azure & Dynamics 365 dispararam em 2022, elas caíram quase pela metade em 2023 – de 114 para 63.

Leia o relatório completo para se aprofundar nessas descobertas para que você entenda, identifique e aborde melhor os riscos no ecossistema da Microsoft.

O relatório também destaca algumas das CVEs (Commum Vulnerabilities Exposures) mais significativas de 2023 (com pontuação de gravidade CVSS maior que 9,0), detalha como essas vulnerabilidades estão sendo aproveitadas em ataques baseados em identidadese e sugere como eles podem ser mitigados.

Especialistas do setor de segurança cibernética avaliam as descobertas do relatório sobre ameaças emergentes, novas vulnerabilidades e como melhor construir resiliência cibernética nas empresas e na sociedade em geral.

Prefers reduced motion setting detected. Animations will now be reduced as a result.